Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Alexandre Monteiro

Aprendeu a tocar órgão aos seis anos e cantou versões em português dos grandes êxitos dos Abba num coro infantil, em Gaia, até que a epifania se deu no início da adolescência, quando o pai lhe deu uma colectânea dos Beatles: a música iria ser a sua religião. Aos 13 anos, compôs à guitarra a sua primeira canção ”Waiting for the Sun”, um prenúncio do nome da banda que lidera (The Weatherman). Além de homem do tempo, é também um empreendedor. A sua Poptones, nascida na incubadora de Serralves, faz logótipos musicais para empresas

 

The Weatherman já está

pronto a sair da incubadora

 

Nome:  Alexandre Monteiro

Idade: 30 anos

O que faz:  músico - ele é o The Weatherman, com dois álbuns gravados, Cruisin’Alaska  (2006) e Jamboree Park at the Milky Way (2009) – criativo. “Não gosto de me auto-intitular empresário”, explica o fundador da Poptones

Formação:  Curso de Som e Imagem, na Católica (Porto)

Família:  Solteiro, vive com os pais e a irmã, que vai deixar um emprego temporário no aeroporto Sá Carneiro para começar a trabalhar com ele na Poptones

Casa:  Uma vivenda em Gaia

Carro:  Citroen C1 cinzento, com um autocolante da maçã da Apple colado nas traseiras   

Telemóvel:  Um Nokia dos baratos porque anda sempre a perder os telemóveis (o ultimo deixou cair num lago), com o clássico toque Trrrim. “Old school”, comenta

Computador: iMac

Hóbis:  “A música é o meu hóbi e o meu trabalho” diz Pedro acrescentando que também gosta “de não fazer nada” e para isso nada melhor que um fim de semana na casa que a família tem no Gerês

Férias:  Não tem rotina de férias. Apesar de não ser muito de praia, este ano vai passar uns dias com os amigos na costa alentejana. E neste preciso momento, aproveita o facto de ter dado na última 4ª feira um concerto não Cavern Club para passar uns dias em Liverpool, a terra natal dos seus ídolos (The Beatles)  

Regra de ouro: Cita um verso de John Lennon, da canção Beautiful Boy, dedicada ao seu filho Sean (que já elogiou em público a música do The Weaterman)  “Life is what happens to you while you’re busy making other plans”. E acrescenta: “Sou quase viciado em criar e ter ideias novas

 

Não é inevitável que as pessoas que telefonam para a sua empresa e têm a chamada em espera sejam obrigadas a ouvir uma vez mais a Primavera, de Vivaldi, ou quaisquer outros acordes de um trecho mais que batido do repertório clássico. Alexandre Monteiro e a sua Poptones estão aí para o ajudar a resolver esse pequeno problema, fornecendo-lhe algo de original e personalizado o que é adequado a um mundo onde a diferenciação é um valor em alta.

A Poptones faz logótipos musicais, o que, trocado por miúdos, quer dizer que compõe para o cliente uma música inédita, sintonizada com a imagem da sua empresa e em várias declinações, de modo a poder ser usada como a melodia que toca quando a chamada está em espera, mas também como toque de telemóvel, hino para consumo interno (ou externo), música de fundo para o site, de ambiente – ou até de elevador. E olhe que a festa não fica cara: 750 euros é o custo do pacote.

“Investigo as características da empresa-cliente, da sua marca e imagem, e componho a partir dessa pesquisa”, explica Alexandre, que está aberto a discutir o trabalho com os clientes e reafinar a versão inicial. “O meu primeiro cliente foi a Fundação de Serralves. A partir do exotismo do parque, escrevi uma melodia num só tom, com um toque meio oriental. Apresentado o trabalho, que era muito orquestral e bué expansivo, acharam que parecia a banda sonora das Mil e Uma Noites, pelo que eu fiz uma coisa mais leve”, explica.

Bebé nascido na InSerralves, a incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, a Poptones já está pronta a sair da incubadora e andar pelos seus próprios pés, estando a transferir as instalações para o Pólo de Asprela (Porto) da Católica, a universidade onde Alexandre concluiu, há seis anos, o curso de Som e Imagem.

Os logótipos musicais não esgotam a oferta da Poptones, que já fez música original para coisas tão diversas como um museu em Santarém, a farmacêutica Tecnifar ou os sapatos Dkode. Compor para spots publicitários ou a banda sonora original de um filme também faz parte dos planos de Alexandre, um rapaz que nasceu para a música, ou não fosse ele o The Weatherman, que esta semana actuou no célebre Cavern Club, em Liverpool, que foi a incubadora dos Beatles.

The Weatherman, o nome da banda que Alexandre lidera, acaba por ter uma relação curiosa com o titulo da primeira canção – “Waiting for the Sun” -  que ele compôs, com 13 anos, na guitarra oferecida pelo pai, que agora está reformado mas à época trabalhava na contabilidade da EDP.

Aprendeu música ao mesmo tempo que a ler e a escrever. Aos seis anos já tocava órgão e durante toda a primária cantou num coro infantil as versões em português dos grandes êxitos dos Beatles, Abba,  Beach Boys ou Rolling Stones.  A epifania, o momento único e inspirador em que percebeu que a sua vida iria ser dedicada à música, foi no início da adolescência, quando o pai lhe ofereceu uma colectânea dos Beatles. Começou logo a compor, enquanto aprendia a tocar guitarra. “Como me aborrecia estar a aprender com as músicas dos outros, comecei a compor e a gravar em cassetes”, explica Alexandre, que ouve ou faz música desde que acorda até que se deita. Como tem a mania da adormecer a ouvir música (indie, pop ou alternativa) no seu iPod, é frequente ter de acordar a meio da noite para tirar os fones e desligar o aparelho.

Jorge Fiel

Esta matéria foi hoje publicada no Diário de Notícias

24 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D