Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Joana Moura e Castro

O NorteShopping tem uma árvore de Natal. À partida não é uma ideia muito original, pois nesta altura do ano todos os centros comerciais têm uma. A diferença é que a do NorteShopping nem sempre está iluminada. As luzes estão apagadas e são os visitantes do centro que as podem acender, produzindo a energia necessária ao pedalarem nas bicicletas dispostas em círculo à volta do pinheiro.

“Dantes, no Natal, ligava-se apenas ao aspecto lúdico. Agora, temos também a preocupação da responsabilidade social. E a árvore de Natal sustentável alia essas duas vertentes. Crianças e adultos divertem-se a pedalar para acender as iluminações, fazem exercício e ficam sensibilizadas para a questão da eficiência energética”, explica Joana Moura e Castro, 37 anos, Marketing Manager Portugal da Sonae Sierra, acrescentando que esta iniciativa é acompanhada de acções, feitas com a Quercus, para evangelizar os visitantes do NorteShopping a baixarem o consumo de energia.

Joana foi buscar a Copenhaga esta ideia da árvore de Natal sustentável. “O Natal de 2010 começa a ser planeado no Natal de 2009. Todos os anos é assim”, avisa esta licenciada em Relações Internacionais, que após um ano no departamento de comunicação do Instituto do Vinho do Porto se mudou para a Sonae Sierra, onde está há 12 anos – começou a carreira no MaiaShopping, passando pelo Via Catarina e GaiaShopping até desembarcar na estrutura central, em cujo vértice está, sendo a principal responsável pelo marketing dos 22 centros comerciais (com 2924 lojas) espalhados pelo país.

Há coisa de um ano, Joana andava a viajar pela Europa, de olhos bem abertos, bloco de notas em punho, a máquina fotográfica na carteira (pronta a ser usada para registar um detalhe), à cata de ideias. “Temos de ver o que os outros fazem para copiar o que corre bem e para não fazermos o que corre mal”, diz, traduzindo para português corrente a expressão “trabalho exaustivo de benchmark”. 

Esteve na Puerta del Sol (Madrid) e nas Galerias Lafayette (Paris). Espreitou o ambiente natalício no Mónaco. Mas a ideia inspiradora foi encontrá-la no Reino da Dinamarca, onde descobriu uma árvore de Natal gigante iluminada pelo esforço de ciclistas (todos sabemos que os dinamarqueses são doidos por bicicletas) no meio da Radhuspladsen, a enorme praça em frente à Câmara de Copenhaga, ladeada pelas estátuas de Hans Christian Andersen e de uns trompeteiros, cujas trompas nunca se fizeram ouvir nunca se ouviram (reza a lenda que só soarão quando passar por eles uma virgem…)

O coração da Sonae Sierra bate na Maia, mas Joana escolheu almoçarmos no Pasta Caffé do NorteShopping (o centro comercial que usa para fazer as compras, pois vive relativamente perto), em Matosinhos, para podermos apreciar a árvore de Natal. Apenas molhou os lábios no copo de tinto italiano (mas bebeu a água toda) e deixou no prato quase metade da pizza La Regina (molho de tomate, queijo mozarella, bacon, cogumelos, tomate fresco, queijo extra e orégãos), apesar de garantir que estava boa – a causa provável é o efeito conjugado das preocupações com a linha e o não ter podido comer sossegada pois eu estava sempre a fazer-lhe perguntas.

“No Natal, queremos ver nos espaços públicos o que temos em casa, a árvore de Natal, as bolas, estrelas, iluminações, o presépio e o azevinho. O Natal não pode ser futurista. Tem de ser tradicional. As pessoas querem ver o que lhes faça lembrar a infância e reviver esses momentos despreocupados. Esta é a grande conclusão de todos os estudos que fazemos para podermos proporcionar momentos memoráveis aos nossos clientes e visitantes”, afirma Joana, que no Natal de 2008 andou em missão de espionagem nos Estados Unidos (“Nova Iorque é uma inspiração”, comenta), averiguando o que andavam a fazer trend setters como o Saks, o Macy’s e o Rockefeller Center.

Resumindo e baralhando. No Natal a tradição continua a ser o que era e as pessoas não embarcam em modernices. Na consoada, não vamos comer sushi, mas sim um posta enorme posta de bacalhau cozido, regada generosamente com azeite e acompanhada por couves, batatas, ovo, cebola e cenoura. Mais nada!

Jorge Fiel

Esta matéria foi hoje publicada no Diário de Notícias

Menu

Pasta Caffé

NorteShopping, Matosinhos

Água com gás … 1,30

Àgua sem gás… 1,20

Azeitonas com feta … 1,25

Pizza la Regina … 7,50

Pizza Calzone … 7,50

2 copos Sangiovese tinto … 4,20

2 cafés … 1,70

Total … 24,65 euros

 

Curiosidades

 

A Sonae Sierra é uma multinacional de origem portuguesa que tem 51 centros comerciais em Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, Grécia, Roménia e Brasil, com uma área total de dois milhões de metros quadrados, que em 2009 foram visitados por 436 milhões de pessoas

 

“Não é bom deixar para a última hora as compras de Natal”, reconhece Joana, depois de ter confessado que ainda não tinha (o almoço foi na 3ª feira) começado a fazer as suas… Mas já sabe o que vai comprar para os filhos. O Diogo, quatro anos, vai receber um veleiro ou um cargueiro (ele é doido por barcos) enquanto a Maria, um ano, será contemplada com um brinquedo didáctico que “a faça sentir especial neste Natal” (palavras da mãe)

 

O grupo Sonae acumula os títulos de maior empregador português nas categorias absoluta e de Pais Natais. Neste momento tem largas dezenas de Pais Natais sob contrato, para animar a criançada nos seus centros comerciais. “O recrutamento de Pais Natais é de uma enorme responsabilidade. Têm de ser pessoas que gostem de crianças e saibam lidar com elas”, conta Joana, acrescentando que apesar de ninguém estar à espera de um Pai Natal anoréctico, quando aparece um candidato bom mas magrinho a coisa resolve-se com umas almofadas

 

17 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D