Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

No País dos Auto Rádios

Auto Rádio Multimídia Gotec 5993 MP3 200W RMS com USB

Manuel Pinho anunciou recentemente aos portugueses, os muitos milhões que o Governo decidiu gastar em Marketing Interno e Internacional, na promoção da imagem do País como o local de excelência e qualidade da Costa Oeste da Europa.

 

Depois da bronca do L dobrado na igualmente milionária campanha de promoção do ALLgarve o Governo português volta a pôr o pé na poça com erros, já reconhecidos pela empresa contratada, nos dizeres do cartaz que leva a imagem de Portugal (e de Mariza) ao Mundo.

 

Num País que tantos sacrifícios têm pedido aos portugueses, em nome do rigor e do mérito, não fica bem tanta ligeireza e desperdício no uso de dinheiros públicos de tão grande expressão.

 

Assisti há pouco tempo a uma excelente iniciativa da AMIGAIA – empresa constituída para fazer o marketing externo e a atracção de investimentos a Vila Nova de Gaia, numa apresentação de muito boa qualidade que Luis Filipe Menezes e Martins da Cruz têm levado com sucesso às principais capitais mundiais. Suponho que este tão meritório trabalho de promoção não exigiu os avultados meios públicos, quer da enganada campanha de “Mariza”, quer da outra que achinesava o Algarve por geração espontânea da letra L.

 

No Porto tem que ser a sociedade civil a juntar-se para comemorar e promover o aniversário da elevação da cidade a Património Mundial. O Douro, como destino especifico de excelência, continua esquecido na burocracia de uma pequena unidade de missão.

 

Enfim, os critérios do costume….

No meio de tudo isto o único sorriso vai para o discurso (talvez feito pela mesma empresa) de Manuel Pinho na apresentação da milionária campanha.

 

Para que todos soubéssemos mesmo que Portugal é muito, muito bom, Manuel Pinho foi categórico: “Somos os líderes mundiais, dos esquentadores, dos semi-condutores e dos auto-rádios. Apetece dizer – então e das cassetes pirata?

 

António de Souza-Cardoso

90 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D