Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

As mulheres ao poder!

Arranjar uma empresária para ilustrar um artigo de capa foi um dos mais difíceis nós que tive de desatar durante os dois anos em que editei a saudosa Revista do Expresso.

A ideia era encontrar uma mulher que dirigisse uma empresa de grande porte. Passei em revista as listas do costume, o PSI 20, as «utilities», as maiores e melhores, mas nicles, nada, niente, rien de rien – nothing at all. Por mais voltas que desse, só deparava com homens.

Depois de muito espremidas as meninges, o «eureka» chegou do mais improvável dos sectores (a construção civil) , Vera Pires Coelho, da Edifer, foi a capa da Revista de 14 Dezembro 2002.

Passaram-se cinco anos, mas a relação de forças nos nossos Conselhos de Administração não mudou significativamente. As mulheres portuguesas estão em larga maioria no mercado de trabalho, mas vão se tornando uma minoria cada vez mais ínfima e escassa à medida que olhamos para cima na cadeia hierárquica, E quando chega o fim do mês, elas levam em média para casa salários 15% inferiores aos deles.

Não me parece que seja sábio deixar entregue ao mercado a correcção destas terríveis e gritantes desigualdades que afectam as mulheres portuguesas.

Compete ao Governo e aos organismos de regulação impor as medidas correctoras de descriminação positiva que tão bons resultados estão a dar noutros países.

Aqui ao lado, Zapatero deu-nos um exemplo luminoso ao formar um governo em que há tantas mulheres como homens. E a CNMV deu-nos outro belo exemplo a seguir ao recomendar às cotadas que integram mais mulheres nas administrações e cargos de direcção. No Ibex 35, somente 3,5%  dos lugares de topo são desempenhados por mulheres.

Em França, onde apenas 6% dos administradores das companhias do CAC 20 são mulheres, foi legalmente imposto um patamar mínimo de 20% .

A Noruega é o farol da luta a favor da concessão da igualdade de oportunidades no acesso a lugares dirigentes para ambos os sexos . Em 1979 ( há quase 30 anos!) Oslo aprovou uma Lei de Igualdade de Status que impõe a paridade dos sexos nos organismos públicos.

Mas recentemente foi dado um prazo de dois anos, para que as empresas norueguesas ocupem com um mínimo de 40% das administrações das empresas cotadas. Os incumpridores incorrem no pagamento de fortes multas e são ameaçados com a pena máxima da dissolução das suas companhias.

Cada qual à sua maneira, mas todos recorrendo à descriminação positiva, Espanha, França e Noruega adoptaram quotas para proporcionar às mulheres uma maior igualdade de oportunidades no acesso aos lugares de comando nas empresas.

Seria muito bom que José Sócrates, Teixeira dos Santos e Carlos Tavares aproveitassem a próxima comemoração, a 8 de Março, de mais um Dia Internacional da Mulher, para copiarem estas boas ideias e colmatarem uma desigualdade entre sexos que só nos envergonha.

Eu, por mim, anseio por ver o dia que uma primeira mulher será eleita  presidente de uma companhia do PSI 20.

Jorge Fiel

www.lavandaria.blogs.sapo.pt

Esta crónica foi publicada hoje no diário económico Oje (www.oje.pt)

 

47 comentários

Comentar post

Pág. 1/3

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D