Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Caso Maddie: toda a gente ficou mal na fotografia

No dia em que completa um ano sobre o desaparecimento de Maddie é impossível fechar os olhos e ignorar que todos os protagonistas deste ultra-mediático e triste caso ficaram mal na fotografia.

 

A polícia, a justiça, o casal McCann, os órgãos de Comunicação Social e mesmo as autoridades dos dois países não estiveram bem num caso que, em termos de notoriedade e interesse desperto na opinião pública internacional, bateu aos pontos o rapto do filho do aviador  Charles Lindbergh, que nos anos 30 apaixonou a América.

 

Na sua generalidade, os órgãos de Comunicação Social, nacionais e internacionais, transformaram o desaparecimento de uma criança numa telenovela da vida real e. na mira de potenciais ganhos de audiências, não raro foram pouco rigorosos e tornaram-se cúmplices involuntários de manobras de contra-informação.

 

A polícia e a justiças portuguesas chegam ao fim deste ano enxovalhadas e com uma imagem de incompetência que demorará anos a apagar.

 

José Sócrates e Gordon Brown não conseguiram resistir ao mediatismo do caso e envolveram-se pessoalmente nele - uma decisão que não fundamentos racionais. Os primeiros ministros de Portugal e da Inglaterra terão muita dificuldade em explicar a diferença substantiva entre Maddie e as dezenas de crianças anónimas que todos os dias são dadas como desaparecidas nos dois países.

 

A opção pela mediatização do desaparecimento de uma filha, com os telefonemas para canais ingleses de televisão inglesa foi o pecado original de Kate e Gerry McCann, que tristemente se tornaram celebridades mundiais expondo em directo a dor pela perda da sua filha – e que sublinharam o primeiro aniversário do desaparecimento de Maddie dando 25 entrevistas em dois dias.  

 

Editorial publicado hoje no DN

 

33 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D