Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bons Ares do Porto

 

 

Vi ontem um sorridente Durão Barroso a ser entronizado, no Palácio da Bolsa, como membro do Cancelário da Confraria de Vinho do Porto – O “clube” português que reúne mais Chefes de Estado e de Governo e que agora conta com o Presidente da Comissão Europeia, ex-Chefe de Governo e, quem sabe se futuro Chefe de Estado (porventura só não se saberá quando?).

Durão Barroso, e Margarida Sousa Uva (nunca um nome se ajustou tão bem a uma cerimónia…) passearam jovialmente pelo Palácio da Bolsa e pela Alfandega do Porto, onde mais tarde se realizaria a Jantar e Gala do Vinho do Porto.

Este ar distenso e entretido que o Presidente da Comissão, de tamboladeira ao pescoço, manifestava no Porto, contrastavam francamente com a depressão e a preocupação política que o Tratado de Lisboa lhe tem trazido.

Pensei na ironia de os seus dois anfitriões do dia de ontem, Rui Moreira no Palácio da Bolsa e Carlos Brito na Alfandega, liderarem as manifestações de repúdio á intolerável pressão exercida sobre os Irlandeses para a manutenção do Tratado de Lisboa. Julgo que os promotores deste Movimento espontâneo têm toda a razão quando afirmam que “quando a França vota não, a França fica e muda-se o Tratado – quando a Irlanda vota não, fica o Tratado e muda-se a Irlanda”.

A verdade é que, qualquer que seja a evolução futura, a estória do Tratado de Lisboa não deixa de constituir mais um forte revés no modelo de Europa preconizado teimosamente pelas principais famílias políticas europeias. E um forte motivo de frustração para o Presidente da Comissão Europeia, o português e lisboeta mais comprometido com o avanço do modelo referido.

Lisboa e o seu Tratado que consagrariam, ainda que simbolicamente a “Europa Politicamente Correcta”, acabaram por trair o sulista e elitista Presidente da Comissão que, a julgar pela disposição de ontem, parece estar a dar-se melhor com os ares e os sabores do Porto.

 

 

António de Souza-Cardoso

 

 

 

 

45 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D