Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Se não fossem os jornalistas.....

 

 

 Praça do Comércio

Lisboagate: Câmara de Lisboa dá 3200 casas por cunha

........ninguém saberia desta pouca vergonha, ficaria tudo escondido para alguns enquanto o Povão cá fora empenha-se por toda a vida para ter uma casa.
 
O que fizeram Abecassis, Sampaio, Soares, Santana e Carmona para resolverem essas injustiças depois de tomarem posse?
 
Depois, na televisão e nos jornais, vemos esses senhores comentar como símbolos da transparência e das boas práticas...
 
Infelizmente, isto não acontece só em Lisboa espalha-se por todo o País!!!
 
Mas infelizmente isso já não tem nada de admirável aliás até é uma prática normal, pois o nosso regime é claramente um regime gerido por cunhas, onde se obtém altos cargos ou regalias, não pelo trabalho ou mérito. Mas sim através de amizades, para arranjar-se um bom tacho basta se pertencer a alguma juventude socialista ou social-democrata que serás bem tratadinho e terás um bom tacho, enquanto o país é mergulhado numa crise de todos os níveis, desde crise económica à crise de valores.
 
A Câmara de Lisboa atribuiu 3.200 casas por cunha, segundo a edição deste sábado do Expresso. Em causa estão moradias, palácios, lojas ou apartamentos dados à Câmara Municipal de Lisboa como contrapartida de benefícios atribuídos a cooperativas de habitação. Segundo o semanário, o esquema existe há mais de 30 anos e contemplou amigos, artistas, jornalistas, familiares, entre outros. O Expresso revela ainda que “tem sido o vereador da Habitação, ou os seus serviços — quando não o próprio presidente da Câmara —, a conceder aquelas habitações de forma directa”. A média das rendas cobradas é de 35,48 euros, mas desconhece-se a percentagem das que são pagas. Estas casas fazem, segundo o Expresso, parte do chamado Património Disperso e, segundo um estudo da Universidade Lusófona, “a CML não sabia, nem sabe, do que é dona”.
 
 
Mário Rui Cruz
 
Bússola Departamento urbanístico
 
 
 

3 comentários

Comentar post

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2013
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2012
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2011
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2010
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2009
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2008
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2007
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D