Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

O estranho caso da média de 17,9 valores

 

Sempre adorei romances policiais. A estante de uma das paredes do meu escritório está quase coberta, de cima abaixo pelas lombadas  -coloridas, as mais antigas, e pretas, as mais recentes - da Colecção Vampiro.

Devorei centenas (talvez milhares!) de policiais. Mas se perguntarem qual o melhor mistério que me foi apresentado não hesito um segundo antes de responder foi  “O Assassinato de Roger Ackroyd”, por razões que quem já leu seu este romance da Agatha Christie perceberá à primeira – e o quem não leu deve ler, pelo que não explico o porquê da minha resposta.

Foram muito úteis as horas felizes passadas na companhia de escritores tão talentosos como George Simenon, Erle Stanley Gardner e Rex Stout. Aprendi a desvendar mistérios com mestres com métodos tão diversos como o comissário Maigret, o advogado Perry Mason (e Della Street, a sua bela e despachada secretária confidencial) e o excêntrico produtor de orquídeas Nero Wolfe  (e o seu inseparável adjunto Archie Goodwin)

Todo este treino adquirido ao longo dos anos se revela insuficiente para perceber porque é que o Bruno, de Viana do Castelo, que teve 19,5 valores no exame nacional de Matemática e concluiu o secundário com a média de 17,62 valores, foi obrigado a matricular-se na Faculdade de Medicina de Santiago de Compostela, por não ter conseguido entrar nos cursos portugueses de Medicina.

O Bruno não é um caso único. Há mais de uma centena de portugueses a estudarem Medicina em Santiago de Compostela. E a Galiza não é o único destino dos enjeitados pelo nosso sistema ensino, que exige uma média de 17,9 valores (está a subir pois no ano passado 17,75 davam para entrar) para um aluno poder estudar para médico no seu pais. Há largas dezenas de compatriotas nossos a cursar Medicina em sítios tão improváveis como a  República Checa.

Se usarmos a velha lei da oferta e da procura como ferramenta, somos tentados concluir que a escassez de vagas disponíveis nos cursos de Medicina deriva da existência de excessos de médicos no nosso mercado.

Mas tratar-se-ia de uma conclusão precipitada.  Como há falta de médicos portugueses tivemos de recorrer à importação de estrangeiros. Há 4.287 médicos estrangeiros a exercer no nosso país –  mais de 10% do universo de 38.538 clínicos inscritos na Ordem. E vai ser preciso importar mais. Cuba e a América do Sul são os mercados alvo.

Ora se há uma tão grande falta de médicos, se há privados com credenciais no ensino da saúde (caso da CESPU)  interessados em leccionar Medicina, se há excelentes alunos que querem (e não podem) estudar para médicos no nosso país, não consigo desvendar o mistério da manutenção da aflitiva escassez da oferta de vagas nos cursos de Medicina.

A única explicação que arranjo para este mistério é que uma das premissas da equação esteja viciada (como fez Agatha Christie no “magistral Assassinato de Roger Ackroyd”). Se calhar no ensino na Medicina não funcionam as regras do mercado e subsiste uma variante da Lei do Condicionamento Industrial que proteger os interesses dos médicos que já estão estabelecidos…

Jorge Fiel

www.lavandaria.blosg.sapo.pt

Esta crónica foi hoje publicada no Diário de Notícias

 

 

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Vitor Pinto 06.10.2008

    Ignorância e estupidez, cada um toma o que quer !

    De facto, a tua ignorãncia e de tal moda abissal, que nem se quer sabes com quem jogou o NOSSO Tri-Campeão, nem sequer sabes escrever o nome da personagem mais conhecida do Sir. Arthur Conan Doyle.

    Por esse facto eu corrijo-te:
    Sherlock
    Arsenal

    Chupa, mouro de merda.

    Pela REGIONALIZAÇÃO !
    Independencia do NORTE JÁ !
  • Sem imagem de perfil

    Benenoso 07.10.2008

    Ok VP, se os meus erros te ajudam a suportar melhor o teu drama: eu errei, não foi o Liverpool mas sim o Arsenal.

    Mas foram 4-0 e disso já nem S. João vos livra.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 07.10.2008

    tão onde andam os encornados brumelhos? ás minimas dificuldades meteram o rabo de penugem entre as patas e nem um pio? estavam tão animados qd o triiiiiiiicampeão nacional perdeu por 4-0....é pena pá, fazem sempre ca falta umas anedotas pa animar a malta...

    tão que acharam do leixões? ganda equipa hein? com essa não contavam pois não? e muito menos estariam a espera do desfecho do sporting-Porto, eheheheh


    apareçam pá, estão perdoados....
  • Sem imagem de perfil

    Carago 07.10.2008

    Cum carago!!! Anónimo, anedotas para animar a malta, é coisa que aqui não falta, quando tu por aqui andas.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 08.10.2008

    tb dou o meu contributo, material não falta, a minha fonte de inspiração são os adeptos mais ridiculos do mundo..

    uma dica:

    não são os do leixões..
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2012
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2011
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2010
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2009
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2008
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2007
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub