Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

Bússola

A Bússola nunca se engana, aponta sempre para o Norte.

O poder está na ponta da espingarda

 

Ao contrário do presidente da Comissão Europeia e do guru da direita portuguesa bem pensante (qualificativo que acho assenta muito bem ao Zé Pacheco Pereira) nunca fui maoista, que não me inibiu de arranjar uam edição de Pequim do Livrinho Vermelho, belíssimo objecto que consulto de vez em quando.

Mao foi um ditador sanguinário e um refinado estupor, mas agrada-me a simplicidade pragmática dos seus pensamentos, que mergulha as raízes na escola da desarmante sabedoria chinesa fundada por Confúncio.

Uma frase de Mao – “O poder está na ponta da espingarda” - , veio-me à cabeça esta semana à medida que subia a minha indignação com os resultados de uma pesquisa estatística motivada pela divulgação da notícia de que o Norte foi a segunda região europeia onde se registaram mais despedimentos colectivos no período 2002-07.

O Norte está triste e infeliz e tem todas as razões para isso. É a segunda região do país (a seguir a Lisboa) que mais riqueza gera, mas quando chega a hora de a distribuir surge no último lugar, com um rendimento per capita de apenas 80% da média nacional e 57% da média comunitária.

Não me parece saudável um país em que os salários pagos na capital são 50% superiores ao resto do país - e que o poder de compra em Lisboa (135,5 em permilagem do total nacional) seja o triplo do do Porto (44,01).

Como portuense, fico revoltado ao constatar que, no período 1992-2006, de todos os 308 concelhos do país, o Porto foi o que mais poder de compra perdeu (-2,5%) e que no pódio estejam os três concelhos do eixo Lisboa-Cascais, com Oeiras à cabeça (4,5%).

E a mostarda sobe-me que nariz quando vejo que Lisboa absorve 42,5% do total de crédito concedido pelos bancos. Se juntarmos o Funchal a Lisboa, que ficam com 53,9% do dinheiro emprestado pela banca. O Porto contenta-se com um terceiro lugar (11,9%).

Nós, os três milhões nortenhos, não podemos ficar parados. Enquanto os carteiristas de Lisboa nos metem a mão no bolso, o desemprego não pára de crescer (em 2007, o Norte ultrapassou pela primeira vez o Alentejo e tornou-se a região com maior taxa de desemprego) e  a riqueza  não pára de de diminuir (no início dos anos 90, o IRS per capita no Porto era metade do de Lisboa; dez anos depois era apenas 25%).

O grave é que o Governo continua a adiar a Regionalização e apenas contribui para alargar este fosso, como o prova o facto de em 2009, o Norte ir receber segundo valor mais baixo (226 euros per capita), contra 382 euros da média nacional) do plano de investimentos da administração pública (Piddac).

É tempo de dar um murro na mesa e declarar guerra ao centralismo ladrão. De aprendermos com Mao que o poder está na ponta da espingarda – ninguém dá nada a ninguém, se o puder evitar. De aprendermos com João Jardim, que, usando os cotovelos, fez da Madeira a segunda região mais rica do país, com um rendimento 25% superior à média nacional.

Para começar, a AEP devia reconverter a campanha Compre Português por uma campanha Compre Nortenho. E como o Governo é surdo a vozes que não venham da rua e se exprimam na primeira metade dos telejornais, ganhávamos em boicotar a visita ao Norte de governantes, enquanto não for dado um sinal claro de que o roubo vai acabar. Eu estou pronto a atirar o primeiro ovo podre.

Jorge Fiel

www.lavandaria.blogs.sapo.pt

Esta crónica foi hoje publicada no Diário de Notícias

 

6 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 23.11.2008

    Nada é por acaso... Tudo tem explicação!
    Eis o porquê da Televisão ter o dever de transmitir mais jogos do Benfica...
    Tudo fica compreensível se atendermos a alguns dados estatísticos:

    Quando os jogos do F.C.PORTO são televisionados:
    * a produção da industria no Porto cai 22%
    * o movimento do comércio no Porto cai 35%
    * o movimento dos restaurantes cai 40%
    * o movimento nas ruas do Porto cai 89%
    * os shoppings têm queda de movimento de 62%
    * os clubes sociais, os hipódromos, a bolsa de valores e as lojas finas:
    queda de 96%
    * diminui em 89% a circulação de veículos das marcas Porsche, Mercedes,
    Ferrari, Maserati, Volvo, Jaguar, Cherokee, Audi, Honda, BMW...


    Quando os jogos do SPORTING são televisionados:
    * o movimento dos cinemas, museus e foruns culturais diminui 80%
    * a produção dos membros do Governo e da Assembleia da República diminui 68%
    * o Presidente da República manda dizer que não está
    * o Presidente da Comissão Europeia manda dizer que não está
    * o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa manda dizer que não está
    * o 'lobby' de Macau que manda no PS fica temporariamente inactivo
    * as lojas maçónicas fecham
    * o pretendente ao trono e os monárquicos dizem palavrões
    * a 'opus dei' entra em reunião à porta fechada
    * em resumo, o País fica ingovernável.

    Quando os jogos do BENFICA são televisionados:
    * os assaltos à mão armada diminuem 79%
    * redução de 62% dos assaltos nos semáforos
    * os assassinatos caem 74%
    * o movimento de travestis diminui em 99,9%
    * os sequestros sofrem uma redução de 78%
    * os motins nas cadeias caem 91%

    Assim se entende a preferência por transmissões de jogos do Benfica...
  • Sem imagem de perfil

    Trolho 24.11.2008

    Ó Anónimo; tu ainda tens a moleirinha aberta. Eu sei que alguém um destes dias meteu-te uma moeda no meio da peruca, a moeda entrou pela fenda aberta, entrou num espaço vazio e ouviu-se a bater.
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 25.11.2008

    Viajavam no mesmo compartimento de um comboio, um portista, um benfiquista,
    uma loira boa e uma gorda enorme.

    - Depois de uns minutos de viagem, o comboio passa por um túnel e ouve-se
    uma chapada.

    Ao saírem do túnel, o benfiquista tinha a cara vermelha.

    - A loira boa pensou:

    ... este filho da puta do benfiquista queria-me apalpar, enganou-se, apalpou
    a gorda e ela deu-lhe uma chapada.

    - A gorda pensou:

    ... o filho da puta do benfiquista apalpou a loira e ela mandou-lhe um
    estalo na tromba.

    - O benfiquista pensou:

    ... este sacana do portista apalpou a loira, ela enganou-se e mandou-me uma
    chapada no focinho.

    - E o portista pensou:

    ... oxalá venha outro túnel para poder mandar mais um estalo ao cabrão do
    benfiquista ...
  • Sem imagem de perfil

    Trolho 25.11.2008

    Anónimo conversa da treta:

    COMO TU PRÓPRIO AQUI CONFIRMAS, OS PORTISTAS NÃO SE ATREVEM A BATER EM HOMENS À FALSA FÉ.

    OS PORTISTAS PREFEREM BATER EM MULHERES.

    EMBRULHA!!!

  • Sem imagem de perfil

    Trolho 25.11.2008

    CORRECÇÃO:

    Anónimo conversa da treta:

    COMO TU PRÓPRIO AQUI CONFIRMAS, OS PORTISTAS SÓ SE ATREVEM A BATER EM HOMENS À FALSA FÉ.

    OS PORTISTAS PREFEREM BATER EM MULHERES.

    TOMA E EMBRULHA!!!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Arquivo

    1. 2013
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2012
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2011
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2010
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2009
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2008
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2007
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    Em destaque no SAPO Blogs
    pub